sexta-feira, 15 de setembro de 2017

236 - Chips de Batata-doce (no forno e no micro-ondas)

E a saga continua…

Qual saga? A saga do saudável.

Existem centenas de publicações pela internet de como fazer chips de batata-doce no forno, eu não quero ser excluída. J



Uma tarde destas fui para a cozinha para testar a receita de batata-doce no forno e no micro-ondas.

A ideia é não usar gordura nenhuma (nem mesmo o bom azeite).

Usei a máquina de cortar legumes, para ficar com um corte mais regular e fino. Podem fatiar com uma faca, mas tem que ter atenção para não cortar fatias muito grossa, porque não ficam estaladiças, nem muito finas porque desaparecem no papel vegetal.



A mesma pré-preparação das batatas antes de ir para o forno ou para o micro-ondas e depois a única diferença foram os tempos de assar.

Para mim, a vencedora é a de micro-ondas, posso até ter feito asneira, mas algumas das fatias de batata-doce que levei ao forno ficaram queimaditas e sem cor. As do micro-ondas ficaram estaladiças e sem queimaduras, além que foi muito mais rápido.

Chips de Batata-doce (no forno)


Ingredientes:

1 Batata-doce
Tomilho seco
Pimenta
Sal


Preparação:

Lave a batata e seque com um papel toalha.
Com a máquina ou à mão corte em rodelas finas.
Disponha as rodelas num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal. Não sobreponha as rodelas.
Tempere as batatas com o tomilho, a pimenta e o sal.
Leve ao forno a 150º C por cerca de 20 minutos. Vire todas as batatas e deixe dourar mãos 15 minutos.


Chips de Batata-doce (no micro-ondas)

Os mesmíssimos ingredientes.
A mesmíssima pré-preparação.

Disponha as rodelas em um prato, forrado com papel vegetal. Não sobreponha as rodelas.
Tempere as batatas com o tomilho, a pimenta e o sal.
Leve ao micro-ondas, na potência máxima, por 2 minutos. Vire as batatas e leve ao micro-ondas por mais 1 minuto.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Marmitas

A minha escola está para começar e a loucura dos meus dias também. São 5 dias por semana a sair de casa antes das 8 horas da manhã e voltar após as 24 horas. E nem estou a contar o fim-de-semana que recebo ou saio com os amigos e o dia acaba mais tarde.

Como estudo, o ano letivo para mim representa um recomeço, assim como a passagem de ano é para a maioria das pessoas.

São novos planos, metas e ideias que fervilham. Um desses planos é criar marmitas ao domingo para metade da semana e às quarta-feiras fazer marmitas para o resto da semana.

Com esta ideia pretendo me alimentar melhor e controlar melhor os meus gastos.

Como fico sem tempo acabo por pegar num pão, colocar qualquer coisa dentro e passar assim toda a semana. Como sou esquisitinha, não gosto de carne aquecida, por isso quando faço os pratos tenho que ter em consideração que se for carne vou comer frio.

A experiência começou a semana passada e estou a gostar. Tenho um pouco mais de trabalho no domingo e na quarta-feira, mas fico sem stress durante o resto da semana.

Um dos meus primeiros passos foi contar as refeições, somos dois em casa, o N. almoça no refeitório da empresa, mas eu tenho que levar almoço comigo. Então são 23 refeições em uma semana. Fiquei super admirada com o número.

Depois disso, criei uma lista com o nome das receitas que seriam feitas nessa semana e verifiquei quais os ingredientes que tinha em casa e aqueles que tinha que comprar. E fiz mais essa lista (eu meio que gosto de listas).

Fiz as compras, congelei ou guardei no frigorífico o que só vou precisar para quarta-feira e pus mãos à obra…

Como sou alérgica ao marisco, alguns de pratos que faço são só para o N e faço outro diferente para mim.

Vejam o resultado:



Segunda-feira
Almoço: Macarrão com molho napolitano e salada de canónigos
Jantar (2): Arroz Basmati, Bróculos Cozidos, Palitos de Cenouras cruas e Espetadas de Peru

Terça-feira:
Almoço: Quiche de Ricota e Presunto
Jantar: Esparguete integral com Camarão (N)
Bacalhau cozido com ovo e espinafres

Quarta-feira:
Almoço: Macarrão com molho Napolitano, salada de espinafres
Jantar: Arroz Basmati, salada de espinafres e tomate cherry, bife de frango grelhado (N)
Quiche de Ricota e Presunto e salada

As receitas são bem simples e faço quantidades suficientes para mais do que uma refeição. Se faço refeições com mais carne na primeira parte da semana, tento comer mais peixe na segunda. E o mesmo acontece com os hidratos, se faço mais refeições com arroz na primeira parte tento comer mais batata ou esparguete na segunda.

O que dizem da ideia?

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Os Brócolos (desabafo)

Eu devo ter passado mais de meia vida em dieta e, adivinhem…, sou fortezinha (vamos usar aqui um suavizante, para eu não desatar a chorar). 

Bem, não é que eu não saiba o que faz bem e o que faz mal. Eu, simplesmente, gosto muiiiiiiito do que faz mal.

Assim, numa tentativa de perder peso, estou a tentar introduzir na minha alimentação (leia-se de todos lá de casa – inclui as visitas) alguns ingredientes que eu acho que não gosto, mas que me vão fazer bem. O mês passado foram os Brócolos.

Não vos vou cansar com as propriedades e benefícios do desgraçado, é só pesquisar na net ou falar com qualquer pessoa que vão descobrir.

Eu vou ser super sincera, eu não gosto e não entendo quando utilizam o verbo adorar e brócolos na mesma frase. É que as opiniões são de extremos, ouvi pessoas a dizer que odeiam, outras que adoram (a meu ver - loucos).

Imagem retirada da net (Wikipédia)

Como é óbvio, os brócolos vieram para ficar, estou com esperanças que sejam daquelas coisas que depois de sermos obrigados a conviver muito tempo acabamos por suportar.

Para mim, esta coisa, só lá vai (com muito custo) se for fresco (para sentir tenro) e com azeite e vinagre. Para o meu marido, só com vinagre, para o meu cunhado (um brocoólico) sem temperos.

A preparação é simples, fervi água com sal. Lavei os brócolos com água corrente, retirei os pequenos ramos do caule principal e nos raminhos mais grossos fiz dois pequenos golpes em cruz. Quando a água estava a ferver, coloquei os brócolos com o caule virado para baixo e deixei cozer uns 3 a 5 minutos, sem tapar. Peguei num garfo e piquei um dos caules para ver se estava cozido e retirei (eu gosto quando ainda ficam crocantes). Escoei a água quente e coloquei os brócolos em água gelada para interromper a cozedura.

Ouvi dizer que se colocar em água e vinagre antes de cozinhar, que o brócolo fica mais saboroso. Acho muito difícil, quase impossível fazer com o brócolo fique saboroso, mas não há nada como tentar…


E vocês, gostam de brócolos? Como os cozinham? Se alguém for mágico e tiver uma receita saudável e que torne o ramoso saboroso, por favor compartilhe, eu estou a precisar. 😄😄😄

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Novo Cantinho - Venda de BD

Olá.

Hoje não venho com uma receita. Venho com a divulgação de um novo cantinho.

Sou grande leitora e adepta de livros de banda desenhada e no meu novo cantinho vou vender a minha coleção.

Tenho revistas desde os anos 80, algumas em ótimo estado, outras em pior estado. Para colecionadores ou simplesmente leitores que gostam tanto destes quadradinhos como eu.

O meu novo espaço é: https://vendabd.blogspot.com/

https://vendabd.blogspot.com/
Visitem e deixem a Vossa opinião. :-*

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

235 - Mini panquecas com Nutella (Bifinett)

Eu tenho um problema grave com a Nutella. Sempre que compro pareço uma abelha atrás das flores. Posso estar a seguir a dieta rigorosamente, mas assim que compro o frasco maledeto, acaba a dieta.

Eu sei que o melhor é nem comprar, mas confesso que sou fraca e coloco no cesto de compras, mesmo sabendo que não devo.

Para não comer a Nutella às colheradas, como um viking, opto por fazer doces, que assim o mal é espalhado pela casa e amigos.

Desta feita, fiz umas mini panquecas com Nutella. Onde inovei? Usei a Bifinett. Recordam-se dela aqui?

Comprei-a por impulso e, de todas as receitas que fiz na máquina, esta definitivamente é a rainha.

Vejam só esta foto:

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

Não é de chorar de felicidade?

https://preguicanacozinha.blogspot.com



Mini panquecas com Nutella (Bifinett)

Ingredientes:
140g de farinha com fermento
1 ½ colheres de  chá de açúcar
½ colher de fermento em pó
1 pitada de sal fino
2 ovos
240ml de leite
2 colheres de sopa de manteiga à temperatura ambiente
Manteiga para barrar ou spray
Nutella

https://preguicanacozinha.blogspot.com


Preparação:

Em um recipiente misture a farinha, o açúcar, o fermento e o sal.

Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo.

Em outro recipiente, junte as gemas, o leite e a manteiga. Junte esta mistura ao primeiro recipiente. Acrescente 1/3 das claras ao preparado e misture gentilmente. Por fim, adicione as restantes claras e misture cuidadosamente.

https://preguicanacozinha.blogspot.com


Barre a máquina de mini queques com manteiga, ou utilize o spray e ligue a máquina.

Assim que fique quente, coloque uma colher de sopa do preparado, acrescente uma boa colher de chá de nutella e cubra com outra colher de sopa do preparado. Tenha atenção para que fique bem coberto, para fechar bem a panqueca.

https://preguicanacozinha.blogspot.com

Feche a máquina, por cerca de um minuto, teste para ver se as suas panquecas estão douradinhas e com a ajuda de uma colher vire-as.

Quando estiver bem douradinho, transfira as panquecas para um prato e disfrute.

Antes de colocar a massa na máquina, passe sempre um pouco de manteiga antes, para que as panquecas não colem ao fundo.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

234 - Waffles de iogurte (microondas)

Fui às compras e encontrei umas formas de silicone com o formato de Waffles, são adoráveis.

São pequeninas para que se possa servir a Waffle num pau, como um gelado.

Fiquei logo a magicar como seriam as minhas primeiras Waffles (no silicone) e decide que seriam de iogurte. Vi muitas ideias, mas com muitos ingredientes e decidi simplificar.

Resultaram estas Waffles maravilhosas e na porção certa, para mim e para o meu marido.

Escolhi o iogurte grego de baunilha por causa do sabor, mas se querem reduzir nas calorias utilizem um iogurte magro com sabor, ou um sem sabor e com essências.

Podem também tornar a receita em Waffles sem glúten, apenas têm que selecionar um iogurte e o farelo de aveia dessa natureza (O farelo de aveia, assim como a aveia são produtos sem glúten mas no processamento podem ser contaminados, por isso verifiquem sempre a embalagem).

O tempo no microondas depende do tamanho da forma e da potência do aparelho, por isso o melhor é testar com dois minutos e ir aumentando o tempo com cuidado.

Servi com compota de morango light e foi um pequeno-almoço diferente e saboroso.

https://preguicanacozinha.blogspot.com/


Waffles de iogurte (microondas)

Ingredientes (4 unidades):
1 iogurte grego de baunilha
2 colheres de sopa de farelo de aveia
Ovo grande

Preparação:
Numa tigela combine os ingredientes.
Distribua a massa nas formas de silicone e leve ao micro-ondas, durante cerca de 3 minutos. Teste com o dedo se a massa se encontra cozida.
Desenforme as Waffles e decore com a cobertura que desejar.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

233 - Espetadas de Frango e Lima

Faz um tempo que não atualizo este blog. Mas, estou de volta! Quer dizer, vou tentar não desaparecer assim tanto tempo.

A verdade é que, há dois anos atrás decide voltar para a escola e tirar a licenciatura que tanto queria. Como trabalho de dia e estudo à noite não me resta muito tempo para cozinhar. Essa tarefa ficou exclusivamente para o meu marido, que aproveitou para desvirtuar a minha cozinha de qualquer criatividade (Mas comeu muito mais saudável).

Ainda invado a cozinha ao fim de semana, mas infelizmente não tenho tempo para partilhar o que faço (Sou meio psico em relação ao meu tempo de estudo).

A correr bem, falta um ano para terminar a escola e volto logo para os tachos e para o blog.

Hoje, partilho uma receita que surgiu na minha imaginação. Combinei frango e lima que são ingredientes simples e deliciosos. Combinados resultam em uma refeição saudável.


https://preguicanacozinha.blogspot.com


Espetadas de Frango e Lima
Ingredientes (2 pessoas):
2 peitos de frango
4 limas
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de alecrim seco
Sal e pimenta a gosto
Espetos

https://preguicanacozinha.blogspot.com


Preparação:
Comece por preparar os peitos de frango. Corte-os em cubos, regue-os com o azeite e tempere com sal e pimenta.
Corte as limas em rodelas e depois em metades.
Nos espetos, coloque alternadamente as limas e os cubos de frango e finalize com a lima. Repita o processo nas espetadas restantes.
Os pedacinhos de lima que sobraram podem ser espremidos na carne.
Polvilhe as espetadas com o alecrim.
Aqueça uma grelha e grelhe os espetos por todos os lados, até dourar. Verifique se a carne está cozinhada.

Sirva com arroz basmati e salada de espinafres, tomate cereja e amêndoa laminada.